Bem-vindo Cookie

21:50


Pois é pessoas, cada vez tenho menos juízo! Se calhar é do avançar da idade, não sei! A semana passada chegou cá a casa mais um membro para esta família que já tinha cinco. Agora somos seis ao todo! Já há alguns meses que a Bianca pedia um cão que brincasse com ela e sempre lhe explicámos as obrigações e tudo o que ter mais um animal envolvia. Ela não arredou pé e falava no assunto quase diariamente. Eu fui habituada a ter animais desde pequena, recebi o meu primeiro cão aos sete anos e ainda hoje me lembro desse dia. Vinha no bolso do casaco da minha mãe, o meu piruças!

Sabendo a fundo a mais valia que é ter um animal de estimação que cresça connosco mantive a mente aberta e fui estando alerta para os anúncios de adopção. Tinha três ideias pré-definidas, não iria comprar um cão, queria um cão de porte pequeno e tinha de ser bebé para crescer com ela. Não havia pressa, e apesar de diariamente me cruzar com pedidos de adoção, até ver o Cookie ainda nenhum tinha correspondido a todos os requisitos.

Pensei e repensei, conversei com o pai e apesar de saber que todo o trabalho inerente a mais um animal iria recair sobre mim, decidi avançar e dar esta alegria à miúda! Nós temos dois cães que já eram adultos quando ela nasceu e que sempre foram habituados ao exterior. A Debbie gosta da Bianca, mas já está muito velhota e não tem paciência para brincar com ela, para além de que foi criada por mim e se eu estou por perto, só quer estar no meu colo. O Angry é um Husky e como nunca foi habituado a crianças não consegue medir a força e o entusiasmo, e a Bianca tem medo dele. Por tudo isto é que começou a pedir um cão dela. Ficava imensamente frustrada por termos dois cães e nenhum brincar com ela.

Esta aventura ainda agora começou e para já tenho tido imensa pena deste pequeno. A Bianca faz dele gato sapato e acho que só falta mesmo pintar-lhe os lábios e os olhos com a maquiagem dela! Temos explicado a importância do respeito pelo animal e pelo espaço dele e a necessidade de o tratar bem e de lhe falar bem para que ele a respeite e a assuma como dona dele. No fundo o cão é o novo brinquedo que para além de fofo interage e responde e compreendo a excitação dela. Acredito que é um processo de adaptação e com o avançar dos dias as coisas melhorem neste aspecto!

Decidimos trazer o Cookie a semana passada porque iríamos ter um fim-de-semana grande o que nos permitira ter mais tempo para nos adaptarmos todos ao novo elemento e a ele para se adaptar à nova casa, connosco cá todo o tempo.

Na página de Facebook têm pedido que partilhe dicas para ensinar os cães. Se há coisa que eu não sou é especialista no assunto mas falei com algumas pessoas que me deram dicas preciosas para estes primeiros tempos. Ele ainda é muito pequeno para ir à rua, só depois dos três meses e da vacina é que poderá saír em segurança. Para evitar que a casa fique toda cheia de xixis e cocós comprámos resguardos próprios e uns biscoitos. A ideia é sempre que ele acorda colocar no resguardo para que faça xixi e quando o fizer dar-lhe os parabéns e um biscoito. O resguardo deve manter-se com o xixi para que depois eles comecem a ir sozinhos sem que seja preciso encaminhar. Como é ainda muito pequeno e não cheira mal, troco apenas uma vez por dia. Sempre que ele faz fora do resguardo, eu pego nele e vou lá coloca-lo.



Pensei que este processo ia ser mais demorado, mas para minha grande surpresa o rapaz já faz 90% dos xixis no sítio certo. Lá há uma distração ou outra se tiver muito longe, mas regra geral a coisa está encaminhada! Já do cocó ainda não me posso gabar! A ideia é quando ele já só fizer no resguardo, mover o mesmo até à porta de entrada e depois, quando ele poder ir à rua, iniciar o processo do biscoito a cada xixi, na rua!

Para já ainda não sinto cheiro a cão cá por casa, mas mesmo ele não fazendo por aí xixis, todos os dias de manhã passo a esfregona na cozinha e sala e a minha ideia é lavar as mantas dele e do sofá regularmente. Para além disso já o estamos a habituar a ser escovado e limpo sempre que faz as suas necessidades e já está também de pré-aviso que brevemente toma a primeira banhoca para se habituar!

Eu adoro animais, e claro que dispensava lavar o chão todos os dias, mas a verdade é que já estou apaixonada por esta bola de pêlo maravilhosa e doce!



You Might Also Like

0 comentários