Ser mãe é ser bipolar. Não há volta a dar!

21:09


Ser mãe é ser bipolar. Não há volta a dar!
Ser mãe é fazer cara séria quando na verdade nos apetece sorrir.
É dizer que não mesmo que nos doa o coração.
É chorar com medo de errar.
É ter medo de falhar mesmo quando se tem a certeza de se ter feito o correcto.
É levantar a voz para pedir que falem mais baixo.
É sentir que não se aguenta mais e mesmo assim sorrir.
É ler a mesma história 100 dias seguidos e continuar a investir em livros novos.
É comer coisas que nem se aprecia só para dar o exemplo.
É ansiar pelo silêncio do fim do dia mas desejar que eles acordem depressa, só para receber aquele sorriso.
É não saber lidar com as birras e ainda assim também embirrar.
É ler, informar-se, pesquisar, perguntar e mesmo assim ter sempre dúvidas.
É dar sempre o seu melhor enquanto acha que nunca é o suficiente.
Ser mãe é querer ser omnipresente enquanto se sente um orgulho desmedido a cada voo.
Há dias em que ser mãe é doloroso. E mesmo assim, antes de nos deitarmos, passamos pelo quarto, compomos o lençol e oferecemos um beijo na testa.
 Ser mãe é ser bipolar. Não há volta a dar!

You Might Also Like

0 comentários