Hoje falamos de carros!

15:01


Este não é um blogue sobre carros nem lifestyle, mas a verdade é que eles também fazem parte do nosso dia a dia e ter um carro adaptado às nossas necessidades é fantástico! Nós moramos perto da cidade, mas numa zona já fora da zona urbana, e em termos de transportes existe um mísero autocarro de manhã e outro ao fim do dia. Ir a pé a algum lado é possível se for sozinha e sem "carga", mas é inviável dizer que vou comprar pão ou fruta a pé porque teria pela frente uns 40minutos de caminhada para cada lado, que incluiria várias subidas puxadas. Por isso, para nós os carros são mesmo bens necessários!

Antes de mais quero esclarecer que ninguém me pediu para escrever nada nem me pagaram para o fazer. Estou a fazê-lo porque alguns dos meus seguidores me pediram para dar feedback sobre o carro e porque efectivamente quero fazer esta partilha convosco! 

Em 2014 quando soubemos que íamos ser pais percebemos automaticamente que isso representaria trocar um dos carros. Um era desportivo e o outro era comercial. Como bom Português deixámos a escolha e a compra já para uma fase em que aqui a menina já tinha um andar de pinguim. Dentro do nosso orçamento seleccionámos algumas marcas e fomos ver e experimentar alguns carros. Houve algumas marcas que nos desagradaram logo de imediato. Umas pelas características dos carros que não tinham bagageira onde se conseguisse enfiar o carrinho de bebé e outros pelos comerciais que nos atenderam. Não sei se já alguma vez vos aconteceu, mas nesta fase tivemos um vendedor que pura e simplesmente se borrifou para nós e não mostrou interesse em vender-nos nada. Ainda hoje me questiono se teremos lá ido com ar demasiado pelintra. Possivelmente sim!

A nossa escolha foi então o acabado de lançar Citroen C4Cactus. Gostámos do design irreverente do carro, da sua leveza e condução e do espaço interior. Como as possibilidades de combinações de cores eram variadas criámos o nosso carro à nossa medida e estilo. Só havia um problema, estávamos em Junho ou Julho, a Bianca nascia em Agosto e só havia carros para entrega em Outubro. E foi aí que nasceu a nossa relação de simpatia com a Sacel, que ficou sem um dos carros de demonstração para nos vender [que por sorte estava precisamente com tudo o que queríamos!].

O carro nunca deu nenhum problema, mas houve uma vez em que fiz uma azelhice e fiquei com a embaladeira de um dos lados do carro toda pendurada. Fui de imediato à oficina da Sacel e em menos de trinta minutos tinha o problema resolvido. 

Recentemente foi lançado o novo C4Catus e telefonaram-me para me convidar a experimentar o carro durante o fim-de-semana. Adorei a ideia e claro que aceitei! Para quem conduz todos os dias um, é engraçado perceber as melhorias que foram feitas. De um modo geral, o novo modelo é semelhante ao anterior, embora as linhas deste sejam mais bonitas [na minha opinião!]. A maior diferença entre o "velho" Cactus e o novo está na ausência dos "airbumps" laterais, que para mim foi um factor decisivo na compra de 2014. Acho que o torna completamente diferente de tudo o que existe no mercado, mas pelos vistos esta aceitação não foi unanime e foi necessário reformular.


Neste C4Cactus o conforto foi uma das missões. É evidente que os bancos são mais confortáveis e a insonorização do habitáculo é surpreendente. Se nas curtas viagens do dia-a-dia estes já são factores que fazem a diferença, para quem precise de fazer trajectos consideráveis é maravilhoso. Não vou entrar em detalhes sobre os quais não percebo nada, para isso deixo-vos em baixo alguns links que podem consultar, quero apenas partilhar que continuo a sentir que esta foi a escolha acertada para nós e que não trocarei o meu Cactus por outro carro muito facilmente! Aliás, se a Citroen me fizer um modelo exclusivo com os airbumps do modelo antigo mas as restantes características do carro novo, sou menina para pensar no assunto!

Obrigada à Sacel por me receber sempre tão bem, por esta oportunidade e especialmente pela lavagem do meu carro. Sou menina de não gastar água de forma desnecessária, por isso deixo sempre esta tarefa para vós nas revisões anuais!

Opiniões sobre este novo modelo escritas por quem domina o  assunto

You Might Also Like

0 comentários