Somos todas Mães!

13:51


Lêem-se diariamente manifestos que pedem para se libertar as mães. Para as deixarem ser elas mesmas, livres e sem preconceitos pelas suas escolhas. Mas depois nasce mais uma filha da Carolina Patrocínio e é ver a mesma malta que tanto luta para que as mães sejam o que são e não o que a sociedade impinge, a falar dos brincos, da maquiagem e do ar fresco e maravilhoso que ela tem depois de ser mãe, dizendo até que isto é tudo menos saudável! 

Somos todas diferentes e se eu inchei como uma baleia e uma semana depois ainda parecia ter sido atropelada por um camião, há quem trabalhe o corpo, a mente e todos os seus aspectos físicos e mentais para que com elas seja diferente. A Carolina não é única. Mas é a Carolina. E a Carolina tem o mesmo direito que todas nós temos, de ser deixada em paz e se ver livre de inveja alheia só porque [pasmem-se!] trabalha todos os dias para que as coisas com ela possam ser assim! 

E acreditem, deve haver poucas mães tão saudáveis como ela! É a Carolina, é figura pública mas caramba, é uma MÃE COMO TU que, tal como cada uma de nós, merece respeito! 

You Might Also Like

0 comentários