Mãe, já tenho brincos!

15:37


Em Janeiro tivemos a primeira conversa sobre brincos. Falei-vos dela NESTE post onde deixei também a minha opinião sobre o assunto. As semanas foram passando e o assunto voltava de vez em quando. Este fim-de-semana voltou a pedir-me para furar as orelhas. Cheia de certezas. Eu voltei a explicar que era algo rápido, mas que doía um bocadinho a fazer. As certezas continuaram e por isso no Sábado lá fomos nós!

Como já há alguns anos tinha ideia de fazer outro furo achei que esta era é oportunidade ideal. Disse-lhe que iria fazer eu primeiro para ela ver como se fazia tudo e depois se quisesse fazia a seguir. E assim foi. Cheia de coragem e correndo o risco de ficar mal vista e de assustar a criança, fiz mais um furo. E portei-me bem! Nem um ai!

Quando chegou a vez dela quis sentar-se ao meu colo, e assim foi. No meu colo, de mãos dadas, com a tia a tirar fotografias, era chegado o momento tão esperado. Decidimos ir fazer na Claire's porque lá fazem nas duas orelhas ao mesmo tempo e assim não haveria o risco de ela andar meia dúzia de anos só com uma orelha furada! As meninas da loja foram super simpáticas e atenciosas, roubaram alguns sorrisos à Bianca e criaram um ambiente descontraído. Ela estava tranquila e confiante e correu tudo bem até os brincos estarem colocados!

Assim que as orelhas foram furadas começou a chorar. Não sei bem se de dor, se de susto pelo barulho que as máquinas fazem ou se um misto dos dois. Estivemos ali uns minutos com ela a chorar mas nada como começar a ver pulseiras e colares para num instante se esquecer. Depois começou a ver-se ao espelho e a meter os caracóis para trás das orelhas e pronto, ficou tudo bem!

Dois dias depois nunca mais se queixou e está super feliz e orgulhosa por ter dado este passo. Já só fala dos próximos brincos que quer comprar assim que possa tirar aqueles, dentro de três semanas! 

Como já tinha partilhado no outro post, esta teria de ser uma decisão dela, teria de ser ela a pedir porque não me sentia no direito de invadir o corpo dela sem que fosse a sua vontade. Mais uma etapa ultrapassada. Mais um momento feliz para o nosso livro de recordações!

Como recomendação, o que vos posso dizer é que o facto de eu ter furado primeiro a tranquilizou bastante e fez com que não se assustasse porque já sabia qual era o procedimento. Para além disso, furar as duas orelhas em simultâneo é mesmo o ideal, porque se depois da primeira ela tivesse começado a chorar muito provavelmente a segunda orelha só seria furada daqui a uns anos!

You Might Also Like

0 comentários