Adeus Anónimos

11:13


Gosto de escrever e gosto de partilhar. Escrevo este blogue por paixão e porque realmente me faz sentido este tipo de partilhas. Escrevo blogues há muitos anos e sempre houve uma coisa para a qual nunca tive paciência: pessoas que passam pelos blogues só para destilar o seu veneno. Desculpem, eu sei que ninguém é perfeito, eu também não o sou. Eu sei que todos temos direito a ter opinião e que ninguém é obrigado a gostar de ninguém nem de gostar de ler ninguém, mas não consigo mesmo compreender como é que alguém pode perder um minuto de vida só para vir para os blogues encher as caixas de comentários com merda. Sim, com merda! Aquela que sai do cérebro e passa para o teclado! Porque uma coisa é ter opinião diferente e saber escrevê-lo de forma educada e civilizada, outra coisa é vir para os blogues chamar nomes e ofender quem os escreve. Só por maldade. E para isso, desculpem mas não tenho paciência nem quero aprender a ter. Porque há coisas que simplesmente não quero para a minha vida. 

Não são muitas as situações por estes lados, mas foram as suficientes para que não permita mais comentários anónimos. E se mesmo assim a situação não ficar resolvida deixaremos mesmo de ter comentários. Quem quer falar comigo, quem precisa de me dizer alguma coisa ou de perguntar alguma coisa sabe que o meu email está sempre disponível assim como a caixa de mensagens da página de facebook. Agora no meu blogue, no meu espaço, desculpem mas não permito que ninguém me ofenda nem a mim nem aos meus. Eu sei que há bloggers que até escrevem posts humorísticos fantásticos com respostas a este tipo de comentários, mas eu não dou para esse peditório. Simplesmente não quero sequer perder tempo a ter de ler esse tipo de coisas.

Queridos anónimos, aqui não há mais espaço para as vossas frustrações, por isso ide ali até ao site do correio da manhã que por lá têm antena aberta! Ou então arranjem uma vida, bem vistas as coisas é capaz de ser a opção mais sensata e equilibrada! 

You Might Also Like

0 comentários