Coscorões da minha avó

10:52


Hoje trago-vos uma receita daquelas que nunca sonharam ver aqui no blogue. Fritos com açúcar! Sim, perdi a cabeça! Mas é Natal e acho que todos merecemos um Natal de barriga feliz, não é verdade?
Sempre que me lembro do Natal lembro-me dos coscorões da minha avó. Aqueles a quem eu chamei durante anos "coscolhões" e nunca percebia porque é que todos se riam! a semana passada pediram-me uma receita para a escola e foi esta que enviei, porque esta é de facto a receita do nosso Natal. A Bianca ainda não comeu muitos, e os que comeu foi sem o açúcar, mas este ano vou fechar os olhos e vou deixar que se junte à família dos amantes dos coscorões da avó. 
Apesar de ser um doce frito não é daqueles que ficam ensopados, ficam super super secos e a quantidade de açúcar também é a gosto e pode ser controlada! dão trabalho a fazer e nunca me aventurei a fazer sozinha, mas acreditem, vale a pena o esforço!

A foto não faz jus à iguaria mas é a única que tenho no telemóvel e queria partilhar isto convosco a tempo de experimentarem. Depois do Natal edito o post e coloco uma foto mais catita!

Ingredientes:
50gr de manteiga
Raspa de 1 limão
3 ovo
1 cálice de vinho do porto
Sumo de 3 laranja
1kg de farinha
Óleo para fritar
Açúcar em pó e canela para polvilhar

Preparação:
Derreter a manteiga, juntar o ovo, o sumo da laranja, a raspa do limão e o vinho do porto e mexer muito bem. Ir adicionando a farinha peneirada e mexer bem com a ajuda da colher de pau. Quando começar a ser difícil, meter as mãos na massa e ir mexendo e batendo na bancada. Leva praticamente 1kg de farinha (depende do sumo da laranja). A massa só está boa quando não pegar absolutamente nada e ficar elástica.
Polvilhar a bancada com farinha, esticar pedaços da massa com ajuda do rolo, quanto mais fina mais estaladiços ficam depois de fritar.
Cortar a massa em rectângulos e fazer cortes no meio.
Reservar num tabuleiro em camadas separadas por papel vegetal.
No fim fritar em óleo abundante, escorrer em papel de cozinha e polvilhar com açúcar em pó misturado em canela!

O processo de fritar é similar ao das filhoses e costumo fazer com a minha mãe. Ela frita e eu depois de escorrido passo no açúcar com a canela [e vou comendo!].

You Might Also Like

0 comentários