Ser Mulher - Num corpo retalhado pela Endometriose!

12:22


No olhar pesam-me as batalhas. No sorriso escondem-se as lágrimas. No ventre acumulam-se as cicatrizes. No corpo há dores que permanecem e partes que já não existem. Na alma continua a vontade e a perseverança.  Na voz, o grito e a luta. No pensamento os sonhos que ficam pelo caminho. 

Sou Mulher e vivo num corpo retalhado e modificado por uma doença que é só de mulheres. Quero escrever. Mas depois apago. Quero falar. Mas não sei como. Quero explicar. Mas não é possível. Sou Mulher e tenho Endometriose. Uma doença só de Mulheres. Poderia ser um privilégio. Mas é uma merda. 

You Might Also Like

4 comentários

  1. Simplesmente, chorei!É tudo o que queremos dizer,e ao mesmo tempo, ñ são o suficiente para explicar uma dor que tanto nos sufoca

    ResponderEliminar
  2. Olá Susana, também tenho endometriose, descoberta aos 18 anos, tenho 38, e tenho vivido com ela como consigo. Achei-a desaparecida durante vários anos, tive 2 filhos, 3 abortos, e depois regressou em força quando quis ter o 3º filho. A Susana recomendou-me a dra. Fátima e depois de mega cirurgia, voltei a engravidar e nasceu a minha princesa que tem agora 14 meses. Para muitos médicos é um verdadeiro milagre 3 filhos sem tratamentos numa mulher com endometriose!! São os meus milagres, os meus amores, o cumprir de um sonho de ter uma grande família! Sei que a endometriose voltou porque fiz ressonâcia, mas aguardo consulta com a dra. Fátima para saber o que se segue... Já fiz duas operações e desconfio que não vou ficar por aqui. Um beijinho. Coragem! E obrigada por tudo! As suas palavras foram fundamentais quando a doença voltou em força! E eu não me deixei vencer!

    ResponderEliminar
  3. Porque não adotar tenho 3 filhas e adotei mais duas crianças estou cheia de amor para dar

    ResponderEliminar
  4. Já pensou em adotar lá por não ser biogica ia ser mãe na mesma e vai ver que depois o amor é igual .pense nisso beijinhos

    ResponderEliminar