Gratidão ♥

19:14


Dormes serena nos meus braços. Passados 14 meses o meu peito é ainda o teu lugar preferido para dormir. É o teu porto seguro. O teu ninho. O teu refúgio. E eu só posso sentir-me grata por isso. Não há nada que me deixe mais mais tranquila do que ver-te dormir. Ouvir a tua respiração. Observar os movimentos ligeiros que vais fazendo é como que uma terapia de relaxamento.

É uma bênção ter-te nos meus braços, na minha vida, em mim. Sei disso! E nunca me vou esquecer, por mais voltas que a vida possa dar. Sou grata ao universo, a mim mesma por não ter desistido, ao teu pai que nunca duvidou, sempre acreditou mas nunca, nunca pressionou, e a algumas pessoas que ajudaram a que fosses uma verdade. Uma realidade. Uma vida. A minha vida! Às vezes ainda penso o que seria da minha vida se tivesse feito as escolhas erradas no meu percurso com a Endometriose. Felizmente cheguei ao lugar certo. Às pessoas certas. Felizmente acreditei em mim e segui o meu instinto mesmo lutando contra muitas frentes,  muitas opiniões e muitas dificuldades. Felizmente estás nos meus braços. E sou grata. Tão grata.
Um dia terás outros portos de abrigo. Terás outros ombros e outros peitos onde deitar a tua cabeça para dormir serena, mas desejo, desejo mesmo, que nunca se perca este amor, este carinho, esta cumplicidade, esta ligação tão forte e tão especial. Desejo, desejo mesmo que saibas que o meu peito será sempre teu, o meu colo será sempre teu, que os meus braços estarão sempre abertos e que o meu amor nunca vai desvanecer. E prometo, a ti e a mim, que não vou deixar que isto mude, nunca!

You Might Also Like

0 comentários