Nada se estraga, tudo se transforma!

22:11



Quantas vezes não olhamos para a fruteira e vemos algumas peças de fruta que foram ficando para último na nossa escolha? Esta semana aconteceu-me isso. Tinha 5 maçãs a ficar enrugadas que foram sendo preteridas porque eram enfarinhadas. Sem grandes pretensões decidi cortá-las em pedaços e cozê-las com um pouco de canela em pó e uma chávena de água. O resultado final teve três utilizações diferentes. 

Puré de maçã e canela

Nada mais simples do que fazer um puré de fruta. Depois de cozidas escorri a água [que reservei] e passei tudo com a varinha mágica. Ao almoço separei mais ou menos duas colheres de sopa e ofereci como sobremesa à princesa da casa.
Outra utilização possível deste puré de fruta é adicionar a iogurte natural [opto pelos não açucarados] ou creme vegetal [tenho escolhido os naturais da Alpro porque tem apenas 7% de soja na sua composição] e servir como lanche. Por cá é um dos lanches favoritos da pequena. 

O meu arroz "doce"

Por fim, para utilizar o resto do puré decidi inventar uma espécie de arroz doce. Num tacho juntei a água de cozer as maçãs [uma chávena de água] ao puré que restava [calculo que seja uma média de 3 maçãs pequenas] e adicionei uma chávena de café de arroz. Juntei duas tiras de casca de limão e um pau de canela e deixei que o arroz cozesse enquanto ia mexendo com alguma frequência. O resultado final foram duas taças como esta. Baby B. deliciou-se e desta vez o pai só não comeu mais porque a filha não deixou ♥

A consistência e o sabor não é nada similar ao tradicional arroz doce [que pessoalmente não aprecio e nunca comi por causa do leite] mas acaba por ser uma sobremesa simpática e saciante para aqueles dias em que nos apetece mesmo alguma coisa diferente e reconfortante. Como o pai achou que podia ser um pouco mais doce já estou a magicar uma versão mais composta.
Espero que gostem e que os vossos pequenos apreciem estas sugestões! 

You Might Also Like

0 comentários