Bolinhos de maçã e canela

12:06


Que eu gosto de cozinhar vocês já sabem. Que eu adoro inventar, acho que também não há dúvidas. Comer? Sim, também me agrada muito! Agora que para mim a cozinha é uma terapia tão boa, ou melhor, do que a escrita, acho que ainda não vos tinha dito. Pois não?!

Esta semana temos andando um pouco mais tristes. Todos. Sem excepção. A entrada no infantário não foi pacífica para ninguém. Mas falo disso mais logo. Ou amanhã. Ou quando me apetecer. Se me apetecer! Hoje quero partilhar convosco esta receita que me saiu no dia que foi particularmente mais difícil para nós. Baby B. estava tão tristonha que depois de ela ir dormir lhe preparei um miminho extra para o dia seguinte. O pai também estava triste e tive de ralhar com ele para não comer tudo sozinho, senão a boneca não tinha nada na manhã seguinte! Se há coisa que a pequena não é, é esquisita com tudo o que lhe faço, e estes bolinhos também foram aprovadíssimos! Por isso, esta receita foi provada e aprovada por todos cá em casa. Até uma das avós provou e gostou [mas estava cheia de fome, por isso não sei se conta!]. A repetir, sem dúvida, mas claro com algumas alterações, porque eu sou menina de inventar muito, e sempre!

Ingredientes:
2 clh/sopa de iogurte natural [usei iogurte vegetal que é o que consumimos]
1 ovo
2 clh/sopa de flocos de aveia
1 maçã
1 banana
1 clh/café de canela em pó
3 clh/sopa de sopa de farinha de côco
5 clh/sopa de farinha de trigo
1 clh/café de fermento

Preparação:
Ligar o forno a 180º. Numa tigela funda bati o ovo inteiro com o iogurte. Juntei a banana amassada com um garfo e a canela e voltei a mexer bem com as varas. Juntei os flocos de aveia e a maçã cortada em pedaços muito pequeninos [a ideia é sentir a maçã quando se está a comer os bolinhos]. Juntei a farinha de côco e voltei a mexer. Por fim fui adicionando a farinha de trigo e o fermento e fui mexendo com uma colher. A massa fica um pouco pegajosa e não é fácil de moldar com as mãos. Mas com elas enfarinhadas consegui fazer pequenas bolas, com cerca de 1cm de altura e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal. Se tiverem dificuldade tirem pequenas porções com uma colher de sopa, coloquem no tabuleiro e ajeitem a forma com a colher. Levar ao forno a 180º cerca de 20m.

Nunca próxima vez, possivelmente colocarei raspa de laranja para lhe dar mais sabor e um pouco de óleo de côco para que fiquem mais fofos. Se desejarem adoçar um pouco sugiro que coloquem uma colher de açúcar de côco.

* Como coloquei um ovo, estes bolos só devem ser oferecidos após a introdução do ovo na dieta alimentar dos vossos filhotes. A introdução da canela só fiz após os 12 meses porque não é algo consensual entre pediatras. Por cá não tivemos nenhuma reacção alérgica. *

Espero que por esses lados a receita também seja provada e aprovada ♥

You Might Also Like

6 comentários

  1. Um destes dias tenho mesmo de começar a experimentar estas coisas para a minha pequena. :)

    ResponderEliminar
  2. Será viável fazer só Com farinha de aveia? Ou há mais alternativas para além das farinhas de trigo e coco? Coco ralado serve? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode fazer só com a de aveia, não devem é ficar tão fofos. às vezes faço farinha com nozes e amêndoas, na Bimby! O último bolo que publiquei usei essa mistura e menos de trigo!

      Eliminar
  3. Chegou a melhorar a receita colocando óleo de côco? Que quantidade colocou?

    ResponderEliminar