Papa de côco

12:05

A semana passada fui ao Pingo Doce e andei a ver uma prateleira que têm sempre com promoções. Vi uma embalagem de farinha de côco da marca Seara e chamou-me à atenção. Apesar de andar sempre a pesquisar este tipo de produtos ainda não tinha encontrado nem experimentado esta farinha. Decidi trazer a embalagem mesmo sem saber o que iria fazer com ela. Eu e as promoções às vezes somos assim!
Depois de algumas pesquisas percebi que esta farinha tinha vários benefícios, como o facto de melhorar o transito intestinal, não conter glúten, apresentar um baixo índice glicémico e ser bastante rica em diferentes proteínas. Se quiserem saber um bocadinho mais podem ler o Blogue Barra de Cereal onde a autora fez um post apenas dedicado a esta farinha.
No Domingo olhei para o pacote e pensei que tinha de lhe dar uso e assim foi. Para além de a ter usado no bolo que fiz decidi fazer também uma papa para a pequena comilona cá de casa. O resultado foi bastante positivo e por isso partilho a receita convosco. Espero que gostem!

A princesa cá em casa já tem 11 meses e dou-lhe côco ralado desde os 8 meses. Se tiverem dúvidas sobre quando podem introduzir o côco na alimentação dos vossos filhos, por favor consultem a enfermeira que vos acompanha no Centro de Saúde ou o vosso pediatra. 

Ingredientes:
1 cenoura média
1 pêssego médio
2 colheres de sopa de farinha de côco
1 colher de sopa de côco ralado
200ml de água

Preparação:
Descascar e cortar em pequenos pedaços a cenoura e o pêssego. Juntar todos os ingredientes num tacho, levar a lume brando e ir mexendo ocasionalmente durante cerca de 20minutos. Se a papa secar muito, adicionar mais um pouco de água.  Como a minha boneca já come muito bem pedaços não passei a papa com a varinha. Decidi apenas mexer algumas vezes com as varas. Se optarem por esta solução é importante que a fruta e a cenoura sejam cortadas em pedaços finos e pequenos.

Apesar de ter Bimby tenho optado por fazer as papas num tacho porque acho que não se justifica sujar a Bimby para o efeito [custa-me mais a lavar e faz-me mais falta para outras coisas do que um tacho]. Mas podem colocar tudo na Bimby, vel. 1, temp. 70º durante uns 15m. No fim é colocar alguns segundos na velocidade 4 ou 5.

A receita que fiz [em que coloquei mais farinha do que vos aconselho em cima] rendeu bastante porque acabei por ter de adicionar mais água. Reservei num frasco fechado a vácuo e coloquei no frigorífico. Do dia seguinte decidi adicionar fruta fresca e oferecer à pequena sem aquecer. A consistência era semelhante à de um pudim. Comeu tudo num abrir e fechar de olhos!

Espero que gostem de mais esta partilha e se decidirem fazer não se esqueçam de me dizer qual a opinião dos vossos filhotes.

Já sabem que não estamos pelo blogue todos os dias [com muita pena minha] mas podem acompanhar as nossas aventuras através da página do Facebook ou do Instagram.

You Might Also Like

5 comentários

  1. Muito interessante, é fantástico que não sou a única a dizer não às papas de supermercado.

    ResponderEliminar
  2. Muito interessante, é fantástico que não sou a única a dizer não às papas de supermercado.

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, porque não fazer com leite?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana,
      A minha filha ainda mama por isso não uso leite adaptado e também não faço extração de leite com a bomba porque já tive uma relação muito próxima com a mesma durante longos meses e entretanto chateamo-nos :D
      Como ela mama várias vezes ao dia não vejo necessidade de lhe dar leite na papa! Apenas por isso!

      Eliminar
  4. Adorei!! O blog e as receitas! Também fui mãe recentemente (8 meses) e ele nunca comeu papas industriais. Ainda tenho algum receio de lhe dar coco. Muitos parabens pelo blog. A seguir! http://mynaturaliving.blogspot.pt/2017/11/nao-dou-papas-industriais-ao-meu-filho.html

    ResponderEliminar