Não chego a todo o lado. Mas vou chegando onde é preciso!

14:59

Quem me conhece [conhece mesmo a essência], sabe que gosto de escrever, de pensar, de reflectir. Sou mais de observar do que de falar. Observo muito! Pessoas, lugares, situações, contextos. E quando quero falar, prefiro escrever. Não sei porquê mas acho que consigo sempre transmitir mais e melhor pela escrita do que quando falo. Provavelmente é apenas uma mania [mais uma no meio de tantas outras]. 

Desde que conheço o mundo online que me lembro de ter blogues, que foram mudando conforme foram mudando as vontades e os interesses. Hoje tenho dois blogues e acho que há uma competição entre eles para ver qual tem mais moscas ou teias de aranha! A verdade é que é muito mais simples editar um post rápido na página do facebook do que vir ao blogue e aprofundar os pensamentos. E a outra verdade é que não tenho mesmo tempo. Tempo vou tendo. Tenho é de o priorizar. E acabo por dedicar 90% do tempo que consigo online para dedicar à MulherEndo, onde mesmo assim o trabalho de acumula de forma incrível e inexplicável. Enquanto escrevo este post, porque a minha filha está a dormir, na caixa de entrada da Associação tenho mais de 120 mails por responder, fora todo o restante trabalho administrativo que se vai acumulando. E perguntam vocês: Então e estás aqui a fazer o quê?

A verdade é que ao longo de mais um ano de MãemeQuero também sinto que este meu projecto pessoal já ajudou muitas mães. Para além de este diário online [que quando for descoberto pela minha filha me vai valer uma entrada precoce num asilo] ser fantástico para amigos e familiares acompanharem vários detalhes do nosso dia-a-dia, e ser fantástico para mim como livro de memórias, fico tão feliz quando muitas mães comentam ou dizem que já fizeram mudanças na alimentação dos seus bebés devido aos meus post's ou aos meus comentários em grupos de maternidade. E é por isso que não consigo deixar este espaço, pelo qual tenho um carinho inigualável, sem notícias durante muito tempo. E é por isso também que mesmo sabendo que não chego a todo o lado tenho a consciência de que vou chegando onde é preciso.

A sesta já acabou e já tenho uma boneca linda, de sorriso rasgado, pendurada nas minhas pernas. Por isso, até à próxima sesta todas as atenções são para ela!
Um beijinho e um abraço especial a todas as mães que me seguem, leem e se identificam com muitos dos meus post's. Desejo-vos uma semana fantástica!

You Might Also Like

0 comentários