Pão de Laranja

22 de março de 2017

Muitas receitas se encontram de pão de banana que é uma óptima opção para o pequeno almoço. Por cá também já experimentámos e podem encontrar a receita AQUI na página de facebook. No Domingo decidi fazer um bolo de laranja mas a verdade é que ficou mais género pão. Ficou frutado mas nada doce e por isso pareceu-me uma óptima solução para os pequenos almoços.
Estou a tentar voltar aos meus pequenos almoços mais equilibrados. Mas não está fácil! Ando a ler [em modo tartaruga!] o Plano Detox de Açúcar, e acredito que com calma [e depois de passar esta fase mais complicada de trabalho] as coisas comecem a entrar nos eixos. O livro é muito interessante e bem fundamentado, mas falo-vos dele mais para a frente, quando tiver terminado de o ler. 

Este bolo, a que chamo pão, parece-me uma boa alternativa ao pão tradicional, porque não leva açúcar e leva muito pouca farinha. Pode ser acompanhado com fruta ou com uma compota caseira, por exemplo!


Ingredientes:
Raspa e sumo de uma laranja
3 ovos
2 Clh/sopa de azeite
1 Clh/sopa de mel
1 Cháv. de bebida vegetal [usei de amêndoa]
1/2 Cháv. de frutos secos [nozes, amêndoas, etc]
1/2 Cháv. de farinha
1 Clh/chá fermento
1 Clh/chá canela

Preparação 
Pré-aquecer o forno a 180º. Coloco a casca de uma laranja lavada no copo da Bimby juntamente com os frutos secos. Dou três ou quatro toques de turbo. Abro o copo e empurro a mistura para o fundo do copo. Volto a repetir. Adiciono os ovos, o sumo da laranja, o mel, a bebida vegetal e a canela e programo 1 minuto na velocidade 4. Adiciono o fermento e a farinha e volto a mexer 30 segundos na velocidade 4. Levo ao forno cerca de 20 minutos numa forma pequena e retangular, forrada com papel vegetal. 

Mãe Como Tu ♥

19 de março de 2017
Quando criei este blogue e escolhi o nome nunca pensei que viria a ter a quantidade de leitores que tenho. A verdade é que o blogue foi crescendo devagarinho, devagarinho e hoje já tem um alcance para mim nunca imaginado. Quando escolhi o nome nunca me passou pela cabeça que um dia o iria mudar. Escolhi algo que me fez sentido. E pronto. 

Mas o ano passado percebi que a escolha do nome incomodava algumas pessoas, ao ponto de ter perdido algumas horas de sono com isso. A verdade é que legalmente eu não estava errada e ninguém me iria obrigar a mudar o nome. Mas também é verdade que eu prefiro o facto de estar em paz do que o facto de estar certa. E foi por isso que decidi começar do zero. Perder o nome que já me caracterizava, tendo consciência de que irei perder alguns leitores com isso, mas ganhar a paz e a certeza de que a partir de hoje não haverá mais nada a falar. Não haverá nada a dizer. Não haverá nada a apontar. Pensei, repensei, pedi ajuda para pensar e cheguei a um nome que realmente me caracteriza. Esta é a minha marca. E sim, Mãe Como Tu é uma marca registada. E é minha. Mais ninguém a poderá usar.  

Porquê este nome? Porque quem vos escreve deste lado é uma mãe real. Sem pretensões. Eu sou uma mãe como todas as outras, que tem dias bons e dias maus. Que é uma mãe maravilhosa mas que também erra. Também chora. Também tem dúvidas. Também se sente frustrada. Também perde a paciência. Tento melhorar e superar-me a cada dia. Mas não é isso que faz de mim diferente ou melhor do que ninguém. Obrigada a quem me acompanha e a quem me lê. Eu sou uma Mãe Como TU ♥

Cookies de Chocolate Preto

15 de março de 2017

Eu sei que ando em falta com algumas receitas [para quem me segue no facebook e vê as fotos que vou partilhando], e sei também que quem está desse lado nem sempre acredita, mas isto de ter um blogue não é assim só sentar 10 minutos e está feito. Por isso é que às vezes estou períodos mais longos sem escrever, porque não consigo mesmo parar com tempo suficiente para o fazer. Desculpem qualquer coisa, eu sei que sentem imensa falta das minhas palavras mágicas e das minhas receitas deliciosas [gaba-te cesto!]

Agora a sério [a parte do blogue dar trabalho foi muito a sério!], a semana passada fiz umas bolachas de chocolate que foram uma sensação cá para estes lados. Verdade seja dita, nesta casa as coisas têm de ser mesmo intragáveis para se estragarem, mas as bolachas correram mesmo bem, e por isso vou partilhar a receita convosco. Não é uma receita assim totalmente amiga das dietas nem dos bebés, mas é uma receita simpática para se fazer de vez em quando.

Ingredientes
120gr de chocolate negro [70% cacau]
3 ovos
2 clh/sopa de óleo de coco
2 clh/sopa de mel [ou pasta de tâmaras]
2 clh/sopa de amêndoa laminada
1 chávena de farinha 

Preparação
Pré- aquecer o forno a 180º. Numa taça de vidro funda coloco 100gr de chocolate em pedaços e o óleo de coco. Vou mexendo em banho maria até estar tudo derretido e incorporado. Deixo arrefecer ligeiramente e adiciono os ovos  e o mel. Volto a mexer muito bem. Adiciono a amêndoa laminada e 20gr de chocolate cortado em pequenas lascas [conseguem fazer com uma faca]. Volto a incorporar. Por fim adiciono a farinha e mexo bem até ficar totalmente incorporada no preparado anterior. 
Forro um tabuleiro com papel vegetal, e com a ajuda de duas colheres coloco pedaços de massa que moldo em forma de bolachas grandes, também com a ajuda da colher. Levo ao forno entre 15 a 20 minutos. Deixo arrefecer e como até à última migalha!

Sugestões dia do Pai

Então mamãs já deram conta que o dia do pai está a chegar? Cá em casa não temos muito o hábito de comprar presentes, só porque sim, só porque está instituído que nestes dias se devem dar presentes. Por norma nestes dias os presentes são feitos pela pequena e pela mamã e passam por coisas simples, como comida, desenhos, postais, pinturas, etc. Desde que sou mãe que tenho "usado" a minha filha para me facilitar também os presentes para o meu pai, que é daqueles homens de gostos requintados e que já tem de tudo. Sempre foi uma quebra cabeças comprar-lhe um presente. Então comecei a simplificar e o que fazemos para o papá da casa, fazemos para o papá da mamã. Com as avós, no dia da mãe,  fazemos o mesmo, mas por norma têm direito a mais uma flor, para acompanhar!

Este ano iremos manter a simplicidade. Mas como não posso deixar mais pormenores para já, deixo-vos algumas sugestões para quem tiver menos tempo [ou paciência] para se dedicar às "bricolages" com os pequenos. 

[clicar nas imagens para informação sobre os produtos]

Ora então, para os pais gulosos, que gostam de experimentar coisas engraçadas em casa, e estão sempre à procura de um snack diferente, mas sem recorrer à típica caixa de bombons, deixo-vos algumas alternativas que depois podem usar em scones, em panquencas, em bolo da caneca e de muito mais formas. Claro que este é um presente que nos pode vir a dar mais trabalho, a nós, porque se o papá não for dado à culinária, lá teremos nós de inventar iguarias para utilizar os ingredientes. Mas um mini cabaz com coisas saborosas e diferentes, nunca falha como prenda!

[clicar nas imagens para informação sobre os produtos]

E porque um homem também se quer vaidoso, cheiroso e hidratado podemos sempre optar por um perfume, um creme de rosto, um conjunto de gel de banho e deo, ou um creme de mãos. Nestas escolhas pesará o factor monetário e os gostos e necessidades de cada um.
[clicar nas imagens para informação sobre os produtos]

E como existe um sem fim de alternativas deixo aqui mais algumas. Um livro, um cd, uma caneca engraçada, uma capa diferente para o tablet... tudo sugestões que podem e devem ser adaptadas ao gosto de cada um. Para além destes presentes podemos sempre oferecer experiências como uma massagem, ou uma ida ao teatro ou a um concerto. No caso dos nossos pais, podemos optar por um voucher intitulado "Magnífico fim-de-semana com a querida neta!" que será mais um presente para nós do que para eles! Ou então não :)
Tenho também uma sugestão engraçada para os futuros papás, mas dei-a ontem a uma amiga que está grávida e há alguma probabilidade do futuro papá ler este post, por isso não vou estragar a surpresa! Se precisarem de ideias, mandem mail ou mensagem privada que vos dou a dica em privado. Uma beijoka