Limpeza, sem químicos ♥

16 de julho de 2017

Não sou propriamente uma dona de casa que goste do conceito de gata borralheira, mas a verdade é que adoro limpeza. Gosto de ter tudo arrumado e limpo e faz-me confusão quando não consigo manter a casa dentro do que considero aceitável. Desde que a Bianca nasceu que conseguir o feito de manter uma casa limpa e imaculada se tornou bem mais complicado, não só porque o tempo é mais curto, ela também suja [e bem!], mas também porque nunca conseguia limpar bem com ela por perto com receio que mexesse nos detergentes. 

Quem me segue há mais tempo sabe que sou portadora de Endometriose e uma das descobertas que fiz nas minhas pesquisas sobre o assunto é que a evolução e progressão da doença podem estar relacionadas com as dioxinas e com os químicos com que todos os dias contactamos. Depois de ver o documentário EndoWhat?, onde este facto é bastante enfatizado, fiquei ainda mais curiosa sobre estas questões e comecei a procurar produtos com mais qualidade neste sentido. Foi assim que o doTerra entrou na minha vida. Falei disso NESTE post. 

Uma das mudanças que fiz nos últimos tempos foi a utilização de dois dos óleos na limpeza da casa. Costumava usar Pronto sabão [ou outros de outras marcas que estivessem em promoção!] para limpar os móveis e o chão, e deixei de o fazer. Agora os móveis são limpos com água e umas gotas de óleo essencial de limão. Para além de o aspecto da madeira ficar muito melhor do que com os detergentes, a casa fica com um cheiro muito mais fresco, que adoro e assim não utilizo nenhum químico para o efeito. Basicamente coloco água numa bacia e deito duas ou 3 gotas do óleo. Depois é ir lavando o pano que utilizo nessa água. Nas divisões em que o chão é de madeira, utilizo o mesmo processo!

Para além das madeiras decidi também começar a limpar todo o chão da casa sem produtos químicos. Encho o balde de água, coloco meio copo de vinagre, coloco uma colher de sopa de bicarbonato de sódio, 3 gotas de óleo essencial Lemon e 2 de Lavander. O chão fica impecável, deixou de ficar manchado e a casa fica super perfumada. Melhor é impossível ♥

Como muitas das leitoras pediram, comecei a fazer venda directa dos óleos. 
Mais informações e encomendas para: maecomotu.doterra@gmail.com

Preços
Lavander 15ml: 32.50€ [portes de envio em correio normal incluídos]
Lemon 15ml: 17,00€ [portes de envio em correio normal incluídos]

Bolinhos de chocolate

12 de julho de 2017

Hoje apeteceu-me cozinhar com a pequena. Apetecia-me algo saboroso mas nada complicado de fazer. Lembrei-me DESTAS cookies de chocolate e fiz uma versão muito similar, não são iguais só porque tive preguiça de vir ao blogue ver a receita! Não são bons para gulosos, mas cá por casa diz que já não há nenhum para contar história!

Ingredientes 
120gr de chocolate negro [70% cacau] 
3 ovos 
2 clh/sopa de óleo de coco [ou manteiga]
2 clh/sopa de mel 
1 chávena de farinha 

Preparação
Pré- aquecer o forno a 180º. Numa taça de vidro funda coloco o chocolate em pedaços e o óleo de coco. Vou mexendo em banho maria até estar tudo derretido e incorporado. Deixo arrefecer ligeiramente e adiciono os ovos e o mel. Volto a mexer muito bem. Por fim adiciono a farinha e mexo bem até ficar totalmente incorporada no preparado anterior. Forro um tabuleiro com papel vegetal, e com a ajuda de duas colheres coloco pedaços de massa que moldo em forma de bolachas altas, também com a ajuda da colher. Levo ao forno cerca de 10 minutos. 

Mais simples e rápido que isto é impossível♥


Sugestão de ingredientes do bem. Clicar nas imagens para ver informações sobre os produtos.

doTerra, com am♥r

17 de junho de 2017
[Para conhecer os produtos clicar na imagem]


Ontem quando escrevi ESTE post disse que escreveria depois sobre esta minha decisão de me juntar à família doTerra e por isso hoje partilho este post mais reflexivo e explicativo convosco.

Quem me conhece sabe que adoro aprender e fazer descobertas. Quem me conhece sabe que quando quero descobrir ou aprender alguma coisa ou sobre alguma coisa, pesquiso, leio e pergunto. Sem medos e sem receios. E a verdade é que da mesma forma como aprendi imenso sobre alimentação e sobre os benefícios que uma alimentação equilibrada pode trazer à nossa vida também comecei a procurar caminhos melhores noutros campos. 

Quem me lê há mais tempo sabe que tenho Endometriose, sabe que sou fundadora da MulherEndo e que recorrentemente este tema vem aqui parar porque de facto eu não sou Endometriose mas a Endometriose condicionou TUDO nada minha vida. E é impossível não pensar nela e não falar dela, principalmente porque essa é uma das minhas missões de vida, evitar que mais mulheres estejam anos e anos sem um diagnóstico e um tratamento adequado. Existem vários estudos que co-relacionam o desenvolvimento e o agravamento desta doença com o meio ambiente e com todos os químicos a que estamos expostos desde que acordamos até nos deitarmos. O ano passado tive o privilégio de ver o documentário EndoWhat? [que posteriormente foi legendado para português pela minha equipa e que temos transmitido em várias cidades do país] e confesso que apesar de tudo o que é transmitido  neste documentário ter mexido de alguma forma comigo e de ainda hoje, depois de o ter visto mais de 10 vezes, ele ainda me levar às lágrimas e me fazer o coração bater mais forte, há uma parte que sem dúvida me impressionou mais, que foi precisamente a explicação sobre tudo a que o nosso corpo está exposto no dia-a-dia e a forma como tudo isso pode piorar esta patologia. 


Quando compramos um creme de corpo, um creme de rosto, um baton, um verniz, um shampoo nunca olhamos para os ingredientes. E a verdade é que há ingredientes muito nefastos nestes produtos. Neste sentido tenho tentado perceber o que e como posso melhorar e foi assim que o doTerra entrou na minha vida. Ainda não consegui experimentar todos os produtos, porque efectivamente isto de se escolher o melhor tem os seus custos, mas posso dizer que os que já experimentei me deixaram verdadeiramente rendida. 

Para além da questão da qualidade dos produtos, do facto de serem naturais e biológicos e de alguns deles terem uma componente terapêutica, o facto monetário também pesou nesta minha decisão. Sendo associada da empresa consigo comprar os produtos mais baratos e se por acaso alguém comprar produtos através dos links que eu partilho também ganho uma comissão. Sim, não sou hipócrita e não vos vou mentir, queria aliar o blogue a algo que me pudesse trazer algum rendimento e andava há imenso tempo a fazer pesquisas e a ver possibilidades. Já me tinham feito vários convites para representar marcas, para me juntar a equipas mas a verdade é que nunca me tinha identificado com os conceitos nem com os produtos [pelo que disse atrás!], quando comecei a fazer perguntas sobre o doTerra, percebi que era diferente e decidi agarrar mais este desafio.

E pronto, prometo que não vou encher o blogue com artigos sobre o doTerra e que não vou ser demasiado chata, mas à medida que tiver partilhas que considere benéficas de partilhar com o mundo irei fazê-lo! Já sabem, se tiverem dúvidas sobre os produtos, se quiserem perceber como também os podem adquirir mais baratos, ou se apenas me quiserem deixar o vosso feedback se já forem consumidores, deixem comentário ou enviem e-mail: maecomotu.doterra@gmail.com 

Vamos acabar com os piolhos de forma natural?

16 de junho de 2017

Por cá ainda não tivemos nenhum surto de piolhos mas vejo muitos posts por esta internet fora do drama que é quando os miúdos chegam a casa com brinde no couro cabeludo. Quando era miúda apanhei várias vezes e a verdade é que tenho bem vivas as memórias das noites deitada ao colo da minha mãe enquanto ela me ia catando com um pente especial. Lembro-me também de usar produtos e mais produtos, com cheiros medonhos e que muitas vezes aquilo não resultava de forma nenhuma e lembro-me mais ainda de eu no auge nos meus 8 ou 9 anos, levar uma rapada completa à conta destes amigos. É verdade, a minha mãe já não sabia o que fazer, tinha usado de tudo e nada resultava e decidiu cortar-me o cabelo, na altura mais curto do que o meu pai! Levou-me ao cabeleireiro e foi à máquina! Eu chorei. Chorei mesmo e só há uma fotografia minha assim, porque eu fugia de tudo o que eram máquinas [Ainda vou pedir a foto à minha mãe para vos mostrar, porque já sei que estão a achar que estou a exagerar! Mas não estou!]. segundo parece foi remédio santo, os amigos piolhos foram passear para outras paragens!

Quando descobri que havia forma de combater estes amigos de forma natural, sem químicos, nem queria acreditar! Parece que resulta mesmo! Eu ainda não experimentei, e espero não precisar tão cedo, mas se experimentarem contem-me por favor!

Os óleos doTerra são 100% naturais e puros. São compostos aromáticos que existem nas plantas e que constituem as suas defesas naturais. Desta forma têm também vários benefícios para a saúde das pessoas. 

COMO UTILIZAR:
Aplicar directamente na nuca DUAS GOTAS do Melaleuca e UMA GOTA do Lavender

ONDE ADQUIRIR:
Podem fazer as vossas encomendas através do email: maecomotu.doterra@gmail.com
Juntei-me à família doTerra e estou aqui para vos ajudar na melhor utilização possível destes produtos. Falarei sobre esta minha escolha noutro post.